– root@injetionsec:~#

Filtros de Texto / Parte 2

08.02.2014 (12:55 pm) – Filed under: Linux ::

Comando paste,concatena as diversas linhas de arquivos em colunas verticais,vejammos algumas opções recomendada
-d “?” = podemos colocar um separador entre aspas duplas “?”
-s = concatena os 2 arquivos em uma mesma linha

paste

Comando pr, formata uma arquivo de texto para saida com cabeçalhos,margens e larguras definidas,formata textos cruz e suas opções são:

-d = espaçamento duplo
-l n = especifica o numero de caractere de larguras da paginas
-o n = especifica o numero de espaços de margens a esquerda

Comando split, serve para dividir o arquivo grandes em n arquivos pequenos e em suas saidas ele coloca um sequencia de arquivo para descobrir a ordem e a opção mais frequente :

-n: onde o numero de de linhas que iram dividir o arquivo de entrada
# split -n6 arquivo.txt separandosaida // arquivo.txt com 12

vai ser gerado 2 arquivo com 6 linhas cada

Comando tac, esse programa mostra a saido do arquivo ao inverso

Comando tail, e o oposto do head e mostra as linhas finais de um arquivo texto,suas opções mais frequente e :

-n numero = especifica o numero de linhas que você quer mostrar
-f = vai mostrando as linhas e atualizando a todo momento,muito importante para logs de sistemas/auditorias

Comando tr, e usado para trocar um escrita por outra, de forma que sua saida seja direcionada para outro arquivo caso deseje sava-las,suas opções mais usadas são:

-d = apaga o que você quer na busca
-s = suprimi as ocorrencia na sua bosca

tr

Comando wc, conta palavras e caracteres em seus arquivos, e caso passe mais de um arquivo ele passa um estatisticas deles,suas opções são:

-c = conta caracteres
-l = conta as linhas
-L = conta os caracteres da maior linha
-w = conta as palavras de um ou mais arquivos

Comando xarg,enconomiza seus dedos e o tempo passando argumentos que ja foram usados, e se você quiser add 30 user no linux o melhor a fazer e passar o arquivo/lista de usuarios para facilitar sua vida,suas opções são

-p = pergunta ao usuario se deve fazer o procedimento
-r = esse comando e o seguinte, caso seu arquivo tiver linha em branco não executar
-t = mostra comando antes de executa-los
xargs

 

>>> Entrada padrão (stdin) e a entrada de fluxo de texto,como mouse,teclados e etc,são os que passam informações e representado no shell com 0

 

>>> Saida padrão (stdout) e a saida normal de fluxo de textos , podemos ter o monitor,cd-rom e etc e recebem informações do computador, e são representados no shell como 1

>>> Saida de erro (stderr) e a saida de erro podendo ser saida de logs e monitores,pode ser representado no shell pelo numero 2

entradas_programas

O redirecionamento e auterar a entrada ou saida para outro processo sendo resultado ou não,temos o seguinte redirecionadores

> = redireciona a saida para outra saida
< = redireciona uma entrada para outra entrada
>><< = add abaixo, como uma atualização , não quer q regrave por cima , entao sera add ao final como falei
| = “pipe” direcinar a saida de um programa a entrada de outro

Veja um exemplo abaixo

exemplo_redirecionadores

Os simbolos coringas são também uteis para nos vejamos:

* = vale tudo
? = um caractere pode ser substituido
{aqr1,aqr2,…} = substituir partes dos arquivos para não ficar digitando muito

 

Gerador de tons usado antigamente

08.02.2014 (11:16 am) – Filed under: Phreaking ::

David Condon que modificou um apito usado em pássaros para gerar o tom de 1000 Hz , com isso ele tinha uma longa distância na década de 1950 .O sistema de Bell tinham sua própria versão deste,feito de metal,  e não de plástico veja abaixo

Esse sistema de Bell , foi chamado de ” Whistle 1A ” e gerou o mesmo ” mil por vinte” tons,foi usado por técnicos em campo para enviar um sinal de chamada para encerrar escritórios.