– root@injetionsec:~#

DeviceNet / Componentes

10.11.2013 (12:00 pm) – Filed under: DeviceNet,Rede Industrial ::

Vamos falar mais um pouco de redes industriais em continuação desse tópico que postei.

Cabos : permite a utilização do cabo grosso,fino,plano com uso de terminação e alimentação de energia na rede, e necessário também uso de terminação e alimentação de energia na rede,vemos na figura abaixo perfil de cabo fino e grosso utilizado

9jhc

 

Resistores de terminação : com objetivo de reduzir as possiveis reflexeções do sinal da rede q causam disturbio na rede de comunicação,conectados entre o fios branco e azul,devendo ser de 12i ohms,devem ser conectados entre os fios de comunicação,vejamos abaixo

fe387

 

Conectores : selados tipo grande e não selado pequeno

87t6yd

Endereçamento dos equipamentos: pode ser feito entre hardware e software,normalmente esse endereçamento e feito no hardware utilizando as chaves combinadas, esse endereçamento e muito importante para facilitar uma eventual troca de equipamento  o endereço errado pode acarretar uma falha no scanner da rede device net

Diagnostico: o plc possui um scanner para identificação de defeitos, em condição normal opera em 00 que a rede esta funcinando, caso algum problema seja encontrado o scanner ira ficar piscando,caso mais equipamentos estejam com defeitos a mesma sequencia ira se repitir,com novo código,novo erro e assim sucessivamente,vejamos a tabela de erro nesse link, essa tabela e interessante esta pregada perto do PLC para assim facilitar o diagnostico melhor

Derivação T “T-PORT TAP” : conecta um dispositivo simples atravez de um conector estilo plug

Derivação Multipla tipo box “devicebox” : são conectados diretamente nos dispositivos devicenet

87t83

 

Bom essas são alguns dos componentes que são utilizados e importantes para rede DeviceNet, ate o próximo tópico =)

O que é DeviceNet

06.11.2013 (1:44 pm) – Filed under: DeviceNet,Rede Industrial ::

De fato a deviceNet e responsavel por 40% dos usuários finais em relação a outras redes, com manipulação mais robusta e eficiente pois e baseada em produtor/consumidor onde as mensagens são enviadas sem requisição por um nó e utilizada pelos que tiverem interesse a informação,são multicast, com comunição de chaves para abilitar o usuario e liberar a informaçoes se necessaria

  • Características

* Funcionamento a rede CAN desenvolvida pela BOSCH para veículos
* Controle de acesso explorado pelo protocolo e o CSMA/NBA onde cada dispositivo quando começa a transmitir de uma vez então ele transmite o que tem menor pacote
* Pode ser usado master/slave
* Comunição eficiente (minimizam a utilização do canal de comunição)
* Protocolo mais complicado na implimentação/compreensão do usuario final
* Tamanho da rede ate 64 nos
* Comprimento de 500kbps – 100m á 125 kbps – 500m
* Topologia linear
* Endereçamento P2P com multi-cast,multi-master e master/slave

 

  • Camada Física e Meio de transmissão

Tronco (trunk line): cabo principal entre os terminadores
Derivação (drop line): derivação feita com cabo fino ou grosso
No/dispositivo: dispositivo endereçado com chip devicenet
Resitor de terminação : 121 ohms no final do tronco (trunck)
Conector estilo aberto: usado em não dispositivos expostos a ambiente agresivo
Conector estilo selado : usado com dispositivos expostos a ambiente agressivo
Cabos : permite a utilização do cabo grosso,fino,plano com uso de terminação e alimentação de energia na rede
Resistores de terminaçao : com objetivo de reduzir as possiveis reflexçoes do sinal da rede q causam disturbio na rede de comunicação,conectados entre o fios branco e azul

E isso ai galera =D